Deploy 2021 Kick Off Resultados

Decode fatura 580 mil euros no seu primeiro ano fiscal

A Decode cresceu a todos os níveis em 2020. Finalizou o seu primeiro ano fiscal com uma faturação de 580 mil euros e uma equipa de 36 profissionais. São valores superiores aos projetados 450 mil euros e 30 colaboradores. Os resultados foram anunciados à equipa no evento Deploy. 

Ao longo de 2020 a Decode preparou os pilares para o crescimento agora esperado. Internamente desenvolveu aplicações inovadoras e investiu na formação de novos talentos, através da criação de academias suportadas pela sua área de Solutions. Durante o primeiro ano, foram desenvolvidas cerca de oito aplicações dentro do ecossistema Decode, bem como duas adicionais no âmbito programa Decode ON. Foram formados 12 profissionais, que ingressaram na vida profissional vindos de entidades parceiras como o ISTEC, Instituto Politécnico de Setúbal, Recodme e Academia de Código. Fez-se uma aposta também no crescimento de competências, com 33 certificações técnicas e 44 formações atribuídas entre os seus 36 profissionais durante os 12 meses.

Em 2021 a Decode prevê alcançar os 2,3 milhões euros de faturação e ter 60 profissionais empenhados na Transformação Digital de empresas. A ambição de forte incremento de faturação assenta no trabalho de preparação realizado no ano passado, na confiança de ter uma oferta apoiada num modelo de serviços (Turn-Key ou On Demand) adequado aos desafios de digitalização das empresas, na concretização dos primeiros projetos Turn-Key, no estabelecimento de uma parceria estratégica no mercado Brasileiro e no lançamento do produto Up4Biz. Esta plataforma Data Driven, já em uso na Decode, acelera o processo de tomada decisão e o desenvolvimento de novos negócios. Será comercializada a partir do segundo trimestre do ano e é escalável a qualquer empresa que necessite de simplificar os seus processos de gestão e de maximizar resultados. Continuará a ser feita uma aposta no programa de Responsabilidade Social Decode ON com o auxílio a quatro novas entidades a custo zero, uma delas internacional.